Esporão do calcanhar/calcâneo

 

 

Esporão do calcâneo

Os esporões do calcanhar (ou do calcâneo) são excrescências ósseas no calcanhar que podem ser consequência de uma tensão excessiva do osso do calcanhar por parte dos tendões ou da fascia (o tecido conjuntivo que adere ao osso).

A dor na parte inferior do calcanhar pode ser causada por um esporão. O pé plano e as perturbações em que a contractura do tendão do calcanhar é permanente como a pronação excessiva, podem esticar excessivamente a fascia, aumentando o risco do crescimento de esporões.

Os esporões do calcanhar são quase sempre dolorosos enquanto se desenvolvem, especialmente quando a pessoa está a andar. Por vezes, desenvolve-se uma pequena acumulação de líquido (bolsa) por baixo do esporão, a qual se inflama. Esta afeção, chamada bursite calcânea inferior, costuma fazer com que a dor se torne pulsátil, e também pode aparecer sem que exista esporão. Por vezes o pé adapta-se ao esporão de tal modo que a dor diminui à medida que o esporão cresce. Por outro lado, um esporão indolor pode transformar-se em doloroso em consequência de uma pequena lesão na zona, como pode acontecer durante o exercício.

Habitualmente, os esporões costumam ser diagnosticados durante um exame físico. A pressão sobre o centro do calcanhar causa dor se o esporão estiver presente. Podem-se fazer radiografias para confirmar o diagnóstico, mas estas podem não detectar os esporões em formação.

O tratamento tem como objetivo aliviar a dor. Uma mistura de corticosteróides com um anestésico local pode ser injetada dentro da zona dorida do calcanhar. Envolver o arco com almofadas e usar elementos ortopédicos (palmilhas para o calçado) que ajudem a estabilizar o calcanhar, podem minimizar o estiramento da fascia e reduzir a dor. A maior parte dos esporões dolorosos resolvem-se sem intervenções cirúrgicas. Só se deve realizar uma intervenção cirúrgica para extrair o esporão quando a dor constante dificultar a marcha. Contudo, os resultados não são previsíveis e, por vezes, a dor persiste depois da operação.

 

Resumo

O esporão do calcanhar é um crescimento ósseo no osso do calcanhar (calcâneo). Pode-se formar quando a fascia plantar, tecido conjuntivo que se estende desde o osso do calcanhar até à base dos dedos, puxa em demasia sobre o calcanhar. Em geral, o esporão é doloroso enquanto se forma, mas a dor diminui à medida que o pé se ajusta a ele. A maior parte dos esporões podem ser tratados sem intervenção cirúrgica.

Alguns autores dizem que o esporão é consequente da fasceíte/fascite plantar. O esporão do calcâneo faz parte do quadro e se caracteriza por um crescimento ósseo no calcâneo, mas é importante salientar que o esporão não ocorre na fáscia plantar e sim no músculo flexor curto dos dedos, o qual é adjacente a fáscia. Apenas 50% das pessoas com fasceíte têm esporão e 10% das pessoas sem dor no calcâneo também tem esporão.

 

O calçado adequado

Esta patologia é frequente em pronadores, pelo que é necessário estabilizar a hipermobilidade com calçado e palmilhas adequados, amortecimento de impactos também deverá ser levado em conta, calçado com um contraforte firme e estável, calçado anti-pronação, com o formato direito, suportes plantares (palmilhas ortopédicas) são igualmente mais valias para esta patologia. No mercado existem soluções pré fabricadas adequadas para os casos menos severos, como palmilhas ou calcanheiras com descarga no calcâneo. Em alguns casos solas tipo balancim (do tipo estável), podem ajudar.

 

Calçado adequado para esporão do calcâneo

Mais:

Fasceíte/fascite plantar

Fasceíte/fascite plantar

o Clique para outras vistas do pé. ou

Vista Frontal (antepé) Vista Dorsal (medio pé) Vista tornozelo (retropé) Vista lateral Vista Plantar


Este material foi desenvolvido pela academia americana de cirurgiões ortopédicos  - www.aaos.org

Informação legal

Share/Bookmark